finanças

Eai, tudo beleza?

Hoje eu estou aqui para falar sobre a relação entre despesas da empresa x finanças pessoais. Lendo este título parece bem simples né? Você automaticamente já se avalia, se realmente divide certinho as contas, ou se ultimamente anda pisando na bola e acaba misturando tudo. Infelizmente este é um erro muito comum entre os empreendedores, principalmente os principiantes e os que possuem pequenos negócios. É muito importante que esta divisão seja feita desde o começo, porem na maioria das vezes é muito difícil termos este comprometimento. Por isso, preparei três dicas essenciais para que você começar a organizar o caixa da sua empresa e tenha o seu controle financeiro pessoal. Vamos lá:

  1. Defina um salário/pró labore

Mesmo que você seja o responsável pela empresa, sócio majoritário, ou o único proprietário do seu negócio, ainda assim você precisa definir um valor a receber mensalmente, este valor precisa ser compatível com a realidade financeira da empresa e com a sua função desenvolvida no mercado atual de trabalho. Definindo um valor fixo de retirada, o caixa da sua empresa não sofrera com múltiplas retiradas pequenas variáveis e consequentemente você conseguira fazer um levantamento de lucros e receitas com mais precisão.

  1. Tenha contas separadas

Apesar de não ser obrigatório, o ideal é que cada empresa possua sua conta própria, no início é normal não vermos necessidade, mas a curto prazo ela já traz benefícios para própria empresa, como por exemplo:

  • Diminui o risco de utilizar o limite ou cheque empresarial
  • Facilidade em visualizar recebimentos e pagamentos
  • Comprovação de faturamento para efeitos fiscais
  • Benefícios como Investimentos, Máquinas de cartão

Você não precisa abrir uma conta jurídica, mas utilizar duas contas diferentes, sendo uma para fins pessoais e outra para fins comerciais, será sem dúvida um divisor de águas, pois a partir disso você, empreendedor, terá uma visão melhor do fluxo de caixa da sua empresa.

  1. Organize suas finanças pessoais

Essa dica é pensando exclusivamente em você, apenas você! Tire um tempo para organizar a sua vida financeira pessoal, quanto mais organizado em relação a suas finanças pessoais menores são as chances de você misturar com as contas da empresa. O seu controle e planejamento financeiro pessoal ira refletir diretamente no planejamento de sua empresa/negócio. Fazendo levantamento de despesas pessoais e organizando esses custos de forma otimizada, será muito mais fácil aplicar e reproduzir isso com o caixa da sua empresa, na hora de realizar uma compra e/ou pagamento de fornecedores, pense nisso!

 

Então é isso, galera! Essas são as três dicas, simples porem diretas e objetivas para que você, empreendedor possa regularizar e separar imediatamente as suas finanças pessoais das despesas da empresa. Espero que tenham gostado, caso tenham alguma dúvida ou sugestão, escreva nos comentários. AAH e não se esqueça, claro de compartilhar este artigo com os seus amigos, até semana que vem!